sábado, 22 de outubro de 2011

Palavras magicas que fazem bem

Esta semana no encontro de catequese,o tema foi a parábola do Bom Samaritano e conversando com minhas crianças sobre o tema, uma delas me disse que: as vezes,durante a Missa as pessoas se cumprimentam e dão a paz de Cristo,mas que quando chegam lá fora não dão nem bom dia quando passa pela gente, realmente me surpreendi com aquele comentário,pois eu mesmo já havia passado por situações como a que ela havia dito,passar por uma pessoa e cumprimenta-la e a pessoa simplesmente não respondeu.Então resolvi postar este texto que tenho guardado nas minhas coisas sobre educação, espero que sirva para pelo menos exercitarmos um pouco dentro e fora de casa.

Desde que eu era pequena, aprendi palavrinhas mágicas que me acompanham até hoje. São palavras que todos conhecem, mas nem todos usam.
Por favor.
Muito obrigada.
Com licença.
Desculpa.

Essas palavrinhas são mágicas pelo poder que elas têm. São agradáveis, educadas, demonstram bons modos, e criam uma boa imagem das pessoas que as adotam como parte de seu comportamento no dia-a-dia.

Eu fico sinceramente perplexa, chocada mesmo, em ver como há pessoas que não pedem, por favor, não agradecem, não se desculpam, entram sem bater, saem sem se despedir, não dão um sorriso, são mal-humoradas, e acham que as outras pessoas estão na vida delas (seja família ou não), para atender as suas necessidades, que os outros são empregados ao seu dispor.

Encontra-se com pessoas conhecidas ou não, e não cumprimentam. Não dizem “bom dia”, “boa tarde”, “até logo”.
Pedem favor e nem sequer lembram-se depois de agradecer. O mundo delas se concentra em seu próprio umbigo, ninguém mais importa.
Não é possível que pessoas assim estejam de bem com a vida.
O que me surpreende também é que são pessoas de bom nível social e econômico.
Hoje em dia começa pelos pequenos, uma falta de educação total.
Como se o mundo fosse obrigado a ceder as vontades deles. E ai daquele
que se recusar a fazer.
Eu apesar dos pesares, continuo dizendo as palavrinhas mágicas, porque acredito nelas e porque não quero ser o que detesto nos outros.
Um detalhe, as pessoas mais humildes, mais simples que conheço, são as mais educadas, carinhosas, e sempre se lembram de agradecer.·.

Então lembre-se Educação cabe em qualquer situação, até mesmo na sua casa com os seus mais íntimos.

2 comentários:

Jonathan Cruz disse...

OLÁ ROSANE, PALAVRINHAS MÁGICA SEMPRE É BOM RECEBER E MELHOR AINDA FAZERMOS USO DELAS.

AGRADEÇO TAMBÉM PELA PREOCUPAÇÃO E ORAÇÃO PARA MINHA SAÚDE, E ESTOU BEM MELHOR AGORA, SÓ QUE AINDA FALTA UM POUCO PARA MELHORAR 100%. MAS GRAÇAS À DEUS ESTOU ME RECUPERANDO.

ABRAÇO E FICA COM DEUS.

Angel@ disse...

Eu também acredito no valor destas palavrinhas mágicas, amiga. Elas fazem a diferença , trazendo ternura, sorrisos e paz!
Parabéns pela excelente postagem!
Que Deus a ilumine sempre!
Abraços em Cristo,
Angela

Postar um comentário